Quer saber mais?

Festa de Ano Novo: como evitar que a queima de fogos estresse os animais?

Compartilhe.

Descubra como acalmar e criar um ambiente adequado para seus pets durante esse período

As festas de Ano Novo costumam ser animadas na maioria das cidades. Reunir a família, ceiar à meia-noite e, claro, ver a queima de fogos faz parte de todas, ou quase todas as tradições. E mesmo sendo uma grande festa e tradição da sociedade contemporânea, é preciso pensar em todos, principalmente naqueles que não têm como se proteger sozinhos, como é o caso dos animais de estimação.

Para quem tem pet, as festanças de fim de ano são facilmente ofuscadas devido as preocupações com o bem-estar dos pequenos. Seus ouvidos são extremamente sensíveis e os barulhos altos e contínuos podem deixá-los muito assustados, principalmente se estiverem sozinhos.

Mesmo sendo desconfortável para os bichinhos, dificilmente os fogos de Ano Novo podem ser contidos. Mas, existem algumas atitudes que podem ser tomadas para ajudá-los neste momento. Trouxemos algumas dicas do que fazer com o seu pet para deixá-lo mais confortável e tranquilo na ocasião. Veja abaixo:

Mantenha os animais em um local seguro

Apesar de parecer uma dica simples, pode fazer toda a diferença na hora da queima de fogos. Se você costuma manter o seu bichinho fora de casa, no quintal, uma boa ideia é recolhê-lo dentro da sua residência para deixá-lo mais confortável e menos exposto aos barulhos. Além disso, saber que está junto ao dono o deixará mais alegre e com menos medo. 

Truque do pano

Essa técnica consiste em amarrar um lençol de forma que abrace o peito e o dorso do cão. Assim, a circulação sanguínea será estimulada, e irá amenizar as tensões, diminuindo a irritabilidade. Você ainda pode utilizar um lençol que você costuma dormir, pois tem o seu cheiro. Dessa forma o cão sentirá que está ainda mais próximo de você.

Leia também: Dicas para o cachorro fazer xixi no lugar certo

Feche as portas, janelas e portões

Estar dentro de casa já contribui para a diminuição do sofrimento dos bichinhos, mas não é o suficiente. Ainda que em ambientes com paredes, os barulhos podem ser ouvidos pelos animais. Com isso, é comum que eles fujam de medo, para tentar encontrar um abrigo que traga alívio sonoro. 

Nesse caso, busque manter as portas, janelas e portões fechados, controlando todos os locais que os bichinhos possam fugir. Se possível, tente também abafar o som, mesmo que minimamente, isso aliviará os ouvidos sensíveis dele.  Com essas estratégias é possível manter o seu pet seguro e sem correr o risco dele fugir, se perder ou se machucar. 

Evite deixá-los sozinhos

O sentimento de abandono pode reforçar ainda mais o medo dos animais. Busque permanecer com eles no momento da queima de fogos, com o objetivo de tranquilizá-los e tornar o momento menos doloroso e assustador.

Em caso de viagens, certifique-se de que alguém poderá tomar conta dos seus bichinhos e que eles estejam em um ambiente seguro, onde poderão sentir-se bem.

Aja normalmente

Os animais também conseguem perceber quando tem algo errado acontecendo. Então, tente agir normalmente, fazendo carinho, brincando, dando alguns petiscos para distraí-los. Faça coisas que o seu pet esteja habituado a fazer, sem sair muito da sua rotina.

Veja também: Por que os arranhadores são importantes para os gatos?

Nada disso adiantou. E agora?!

Antes da queima de fogos à meia-noite, sempre tem algumas pessoas que costumam soltar fogos adiantado. É nesse momento que seus animais vão dar indícios se o que você está fazendo está funcionando ou não. Caso não esteja, mesmo tomando todos os cuidados necessários, prepare-se: alguns pets podem se sentir enjoados ou com dores de barriga, esquecendo também onde costumam fazer suas necessidades. 

Neste cenário, uma boa ideia é espalhar alguns tapetes higiênicos ou bobinas ecológicas, onde seu pet costuma fazer xixi e cocô. Também não desista de tentar distraí-los. Espalhe seus brinquedos favoritos pelo cômodo, como arranhadores para gatos e bichinhos para os cães, e brinque com eles. 

Veja também: Pets estressados – conheça 3 maneiras de diverti-los

Esperamos que estas dicas sejam muito úteis para você e sua família neste período de festas. Compartilhe com seus amigos para ajudá-los a cuidar corretamente de seus bichinhos e acompanhe nosso blog para ver mais conteúdos como esse!