Quer saber mais?

Pets estressados: conheça 3 maneiras de diverti-los

Compartilhe.

Saiba como identificar os sinais de estresse e veja como relaxar seus pets

O isolamento social causado pela pandemia do novo Coronavírus não causou estresse somente nos humanos. Os pets também têm sofrido, uma vez que muitos tiveram as suas rotinas modificadas, como a diminuição dos passeios dos cães e a mudança do local de descanso dos gatos. 

Assim como em humanos, o estresse em animais pode causar diversos danos à saúde, afetando o bem-estar e a alegria dos bichinhos. As manifestações desse problema nos pets ocorre por conta de uma influência de hormônios, que são liberados como respostas a estímulos. Esse acontecimento pode gerar sintomas gastrointestinais, como diarreias, vômitos, gastrites e úlceras. Além desses sinais, os bichos também podem ficar desanimados e tristes. 

Os pets, sejam eles cães, gatos, pássaros, coelhos, entre outros, são como membros da família e ninguém quer vê-los doentes, certo? Por isso, trouxemos algumas dicas para identificar e acabar de vez com essas situações, afinal, não queremos ver ninguém tristinho. Também iremos te contar três maneiras de divertir seus bichinhos e evitar que eles fiquem doentes. Olha só!

Identifique as situações estressantes

Podem ser várias as ocasiões que causam estresse nos seus bichinhos. As mais comuns são fogos de artifício, trovões fortes ou qualquer outro acontecimento que envolva muito barulho. Isso porque os animais possuem ouvidos sensíveis e, alterações assim, podem causar dores, desconfortos e medo.

Mas outras circunstâncias também podem causar os sintomas do transtorno, como a falta de brincadeiras, de carinho, espaços confinados, pouca atenção e falta de passeios ao ar livre. O ideal é observar os diversos tipos de atividades que podem ser a origem do problema, já que elas podem ser diferentes para cada animalzinho. Para isso, atente-se! Se seu bichinho demonstrar qualquer dos sintomas de estresse, repense todas as situações que aconteceram para descobrir o que pode ter causado isso.

Depois de identificar esses fatores, é indicado evitar os acontecimentos que forem possíveis e buscar maneiras para amenizar os danos em situações que não podem ser previstas. Um exemplo: se seu pet não gosta de fazer longos trajetos de carro, uma boa ideia é evitar fazer rotas muito longas assim de início. Você pode fazer pequenos percursos para que ele possa se acostumar.

Agora que você já sabe como identificar e agir, veja três dicas para diverti-los e evitar o estresse.

Ver também: Dicas para o cachorro fazer xixi no lugar certo

1 – Faça exercícios

Os animais possuem uma grande carga de energia e ficar em espaços pequenos, onde não tem como dissipar essa energia, como apartamentos, casas sem jardim, entre outros, pode ser prejudicial, fazendo até com que eles destruam os móveis da casa, por exemplo.

Para amenizar os danos, tanto para o bichinho quanto para você, uma boa ideia é fazer caminhadas. Os exercícios ajudam os pets a lidarem melhor com o estresse. Então, se você sabe que terá que fazer algo que seu animalzinho não tem costume ou que o deixa irritado, busque fazer caminhadas e até mesmo corridas com ele. 

2 – Utilize brinquedos

Uma forma de evitar e diminuir os sintomas de estresse nos animais são os brinquedos. Esses utensílios contribuem para mantê-los entretidos e permitem que o dono crie uma boa interação com o pet. Um exemplo prático: digamos que você irá viajar e terá que levá-lo com você. Levar o brinquedo preferido dele junto pode mantê-lo distraído e mais feliz durante a viagem.

Os brinquedos podem variar de acordo com o porte e raça. Se seu cão for de porte grande, uma ideia é dar ossos gigantes para ele brincar. Já se for de porte pequeno, bichos de pelúcia, bolinhas e ossos menores podem ajudar. Caso você tenha gatos, as caixas de papelão e arranhadores são sempre uma ótima ideia para distraí-los e diverti-los.

Leia também: Por que os arranhadores são importantes para os gatos?

3 – Dê bastante carinho

A dica pode parecer boba, mas faz toda a diferença. A verdade é que, na correria do dia a dia, pode ser que os pets fiquem em segundo plano e se sintam abandonados. 

Por isso, é sempre bom tirar um tempinho do seu dia para curtir um tempo com seu bichinho, seja vendo Tv ou na hora de dormir. Brinque, dê amor, faça carinho e, se puder, dê uma volta com ele. Essas atividades podem fazer toda a diferença na vida deles e na sua, sendo benéfico para a saúde dos dois. 

Se, mesmo com estas dicas, você notar sinais de vômito, diarreia, ou que seu animal de estimação não está em seus melhores dias, visite um veterinário para encontrar a melhor solução e conte com a linha pet Klabin ForYou para amenizar os sintomas de estresse do seu bichinho e trazer mais alegria para a vida dele. 

Esse artigo foi útil para você? Compartilhe com seus amigos e familiares, para ajudar mais pessoas, e fique ligado em nosso blog para conhecer mais artigos como esse!