Quer saber mais?

Conheça formas simples de estimular a criatividade na infância

Compartilhe.

Muito além de brincadeira, a criatividade pode promover um desenvolvimento mais saudável e feliz.

É comum as crianças serem relacionadas à criatividade, pois é na infância que essa habilidade se manifesta e deve ser desenvolvida. A explicação disso está relacionada ao desprendimento e espontaneidade natural das crianças. A curiosidade aliada à ausência do medo de errar podem ajudá-la a curto e longo prazo. Além de auxiliar na melhora de aprendizado e desenvolvimento intelectual, a criatividade, quando estimulada durante o processo de crescimento da criança, contribui para formar um adulto com maior capacidade para lidar com desafios pessoais e profissionais. Quer saber como aplicar isso no dia a dia? É só continuar a leitura.


1- Tempo é o recurso essencial para a criatividade

Sabemos que incluir atividades na rotina da criança é fundamental para a sua adaptação e desenvolvimento, mas o ócio é tão importante quanto o judô ou a aula de balé. É com o tempo livre e sem a interferência de adultos que as crianças desenvolvem brincadeiras desestruturadas e imaginativas.

Crianças em casa: dicas de brincadeiras para o dia a dia.

 

2- Invista em um ambiente estimulante 

Um espaço em um canto do quarto, da sala de aula, ou mesmo um quarto especial para brincadeiras pode ser um excelente estimulante. Invista em evidências de expressão criativa como pendurar desenhos na parede, brinquedos que ela possa montar e personalizar e adicionar objetos coloridos ao ambiente. Lugares muito frios ou rígidos podem reduzir a flexibilidade de pensamento.

 

3- Deixe a criança se sujar

Não tenha receio de deixar as crianças se sujarem. O sensorial é importante para a imersão na brincadeira. Invista em elementos simples como tintas, argila, canetas atóxicas, massinha de modelar e vale até terra e areia do quintal, se possível.
Para a bagunça não sair do controle, forrar o chão com um tapete impermeável ou jornal velho pode ajudar. Promova períodos de diversão e planeje um bom banho para mais tarde.

 


4- Invista no contato com a arte

Em todas as suas formas, a arte pode incentivar a criatividade infantil. Insira a arte em forma de música, filmes e livros associando a um momento de prazer e conforto. Lembre-se, quanto mais referências, mais criatividade. Munida de repertório, ela terá um leque maior de opções para criar seus desenhos e brincadeiras. Um exercício legal é estimular seu pensamento e relacioná-lo com as referências. Por exemplo, use um desenho da criança para perguntar o uso das cores, se ela viu aquilo em algum lugar e com o que a imagem se assemelha.

 

5- Deixe que ela chegue às próprias respostas

Evite impor limites muito rígidos na execução de atividades. Permita que as crianças tenham autonomia e liberdade para explorar ideias e tomar decisões. Exigir o tempo todo que ela pinte dentro das linhas do desenho ou impor cores que devem ser aplicadas podem reduzir a flexibilidade da criação. Permita que ela descubra como executar a tarefa da melhor maneira.

 

6- Incentive seus hobbies

Observe as atividades que mais despertam o interesse da criança e a incentive. Seu filho ama carrinhos? Proponha fazer modelos de massinha. Se a criança gosta de cantar, por que não improvisar um show de faz de conta na sala de estar? E o mais importante: respeite suas preferências.

 

7- Valorize mais o processo do que o resultado

Demonstre interesse perguntando se ela se divertiu fazendo a atividade e só depois se conseguiu executá-la. Faça também perguntas relacionadas ao desenvolvimento da atividade, como do que mais gostou de fazer no exercício ou como planejou executá-lo.

 

8- Saia da rotina

A rotina é uma das inimigas da criatividade. Sabemos que não existe forma de isentar as crianças de uma rotina, pois ela também é benéfica. Porém, o excesso dela, assim como nos adultos, deixa a cabeça das crianças mais preguiçosa e automatizada.

Em períodos de isolamento social essa tarefa é ainda mais difícil, mas pode ser adaptada. A quebra da rotina pode vir de uma receita diferente que ela possa ajudar a preparar, buscar equilibrar a frequência em que a criança assiste a um mesmo desenho ou incluir novas músicas são pequenas atitudes que influenciam no dia a dia. 

 

A Klabin ForYou possui uma linha especial de brinquedos feitos de papelão para montar e personalizar. Conheça aqui.


E aí, gostou das nossas dicas? Separamos um conteúdo ainda mais completo sobre este tema. Para saber mais, baixe gratuitamente nosso e-book exclusivo, aqui.