Inspirações

7 formas simples de ensinar sustentabilidade para crianças

Compartilhe.

Veja como conscientizar crianças sobre sustentabilidade por meio das atividades do cotidiano

Incluir a sustentabilidade na rotina das crianças é uma tarefa obrigatória nos dias atuais. Fazer a criança entender a importância da natureza e seus recursos é essencial para que ela cresça consciente acerca do meio. Como fazer isso? É mais simples do que parece. Com pequenas atitudes no cotidiano, os pequenos se divertem e ainda aprender. Vamos conhecer algumas formas simples de inserir sustentabilidade na vida das crianças.

  1. Interruptor com desenhos

Quem é que nunca esqueceu a luz de um cômodo acesa? Para incentivar as crianças desde pequenas sobre a importância de só manter acesas as luzes que realmente são importantes, uma forma divertida é apostar nos interruptores de tomada decorados. É possível encontrar adesivos para interruptores ou até mesmo modelos completos de personagens, animais, super-heróis e diversas temáticas do universo infantil. 

  1. Placa perto das torneiras

Ao esquecer uma torneira pingando por um dia, cerca de 20 litros de água são desperdiçados.  Para que isso não aconteça, os pequenos podem colocar plaquinhas divertidas e confeccionadas por eles próximo das principais torneiras da casa para lembrar de fechar após o uso. Se tiver mais de uma criança na casa, peça para que a cada mês, uma delas faça o aviso para ser inserido no local. Outra ideia é fazer uma competição de desenho com premiação para o mais criativo. Vamos tentar? 

  1. Corrida do banho

Que tal fazer uma corrida dentro de casa? Calma! Ninguém precisa sair correndo pela sala. A sugestão é realizar a corrida do banho com um ranking de quem consegue fazer a higiene pessoal em menos tempo. É possível anotar diariamente os tempos e no fim do mês ver quem foi o vencedor que economizou mais água.

  1. Reaproveitar água da chuva

Se você mora em casa, armazenar água da chuva é uma boa forma de preservar o meio ambiente. Utilizando baldes ou cisternas próprias para uso doméstico, você economiza água tratada e pode obter redução de até 50% na conta. Após armazenada, ela serve para regar plantas, lavar o quintal, limpar o banheiro, dar descarga e muito mais! Esta pode ser uma atividade feita com toda a família! 

7 formas simples de ensinar sustentabilidade para crianças

  1. Desligar aparelhos que não estão em uso

Aquela mania de deixar vários aparelhos ligados não pode mais acontecer. 80% da energia gerada no Brasil vem de usinas hidroelétricas e, embora esse sistema seja considerado limpo por emitir pouquíssimos gases de efeito estufa, um dos seus males é a necessidade de represar os risos. Já as termoelétricas, apesar de possuírem baixo custo de construção, são os sistemas mais poluentes, principalmente a termoelétrica a carvão. Como as hidroelétricas não são suficientes para suportar a demanda, outros meios são necessários, aumentando o impacto no meio ambiente. Para ensinar a importância de desligar aparelhos aos pequenos, a dica é fazer um ranking com pontuação. No fim do mês, quem lembrar de desconectar mais acessórios fora de uso, pode ganhar uma premiação.

  1. Separar o lixo

Separar o lixo corretamente é o primeiro passo para ajudar a cuidar do planeta. O simples descarte correto pode contribuir com a economia de energia, matéria-prima, água e espaço de aterros e lixões; além de ser fonte de renda para várias pessoas. O ideal é ter, pelo menos, três lixeiras em casa, sendo: recicláveis, resíduos orgânicos que não podem ser aproveitados e orgânicos que podem ser destinados para compostagem.

  1. Escovar os dentes com torneira fechada

Você sabia que ao escovar os dentes com a torneira aberta você desperdiça quase 12 litros de água? Se uma casa tiver três pessoas escovando os dentes três vezes ao dia, em apenas uma semana o número sobe para 756 litros de água. Para evitar o gasto desnecessário é simples! Basta escovar os dentes com a torneira fechada e só abrir quando for enxaguar a boca. Essa atividade deve ser feita por toda a família e é possível criar o “guardião da torneira”, uma pessoa (a criança geralmente) que vai fiscalizar os usos de água em casa. Vamos tentar?

Agora que você já conheceu algumas maneiras simples de ensinar a importância da sustentabilidade para as crianças, que tal começar a colocar em prática hoje mesmo? E se você quiser completar o ensinamento utilizando brinquedos sustentáveis e recicláveis, pode conhecer a linha de artigos em papel, como os brinquedos de papelão. Além de ajudar a despertar a imaginação, eles são escolhas conscientes para as crianças. Acesse o site clicando no link e conheça!